Faça os seus dados trabalharem para você – parte 1


O uso efetivo da informação se tornou uma vantagem crítica de negócios e um diferenciador no mercado. Segundo a TIBCO, as organizações que utilizam a análise de dados conseguem 30% a mais de receita e 12 vezes mais produtividade do que aquelas que não usam.


Um dos grandes desafios dos executivos no mundo atual dos negócios é ter a informação correta para tomar decisões embasadas em informação. Como nós sabemos, o problema não é a falta de dados. Muitos negócios têm um monte de fontes de dados, desde informação financeira básica para o CRM e o ERP e, mais recentemente, informação das mídias sociais.


 O resultado disso é que as empresas de todos os tamanhos estão se afogando em dados, enquanto buscam por insights ou informações essenciais para a tomada de decisão baseada em fatos. Adicionalmente, enquanto muitos de nós somos desafiados pelo esforço imenso que é necessário para manter e processar o volume de dados que encontramos diariamente, parece que sempre ficamos para trás.


A análise de dados (analytics) oferece a solução para as organizações de qualquer tamanho. As ferramentas de data discovery e analytics são softwares muito poderosos, desenvolvidos para peneirar e combinar volumes massivos de dados, responder a interações humanas, prever padrões de comportamento e apresentar relações precisas entre as variáveis selecionadas.



Maturidade em análise de dados


O gráfico de maturidade em análise de dados abaixo apresenta cinco níveis de uso incremental de dados sofisticados, de relatórios históricos até automatização de processos de negócio baseada em regras em tempo real.



Em que fase sua empresa está?



Fontes de dados


Todas as pessoas e departamentos têm dados que são usados para desempenhar tarefas específicas. Para uma área de assistência técnica, os dados devem parecer como os do gráfico abaixo, no que se refere a número de eventos mensais e suas fontes. Enquanto esses números estão em uma magnitude que qualquer um pode dominar, ainda não estão no ponto de precisar de muita informação. Olhar para o gráfico não oferece orientação sobre como resolver os problemas e desafios enfrentados pela organização.


O gráfico foi desenvolvido a partir de uma pesquisa feita em 2010 e apresenta uma média mensal de incidentes por canal em empresas nos Estados Unidos. Pense sobre o que você poderia aprender ao olhar para cada canal separadamente e ainda para o que não está aparente. O que você deseja saber? Que perguntas você deve fazer para encontrar as respostas? As fontes de dados tipicamente se enquadram nas seguintes categorias:


Enquanto essas fontes são comumente vistas como geradoras de dados isolados ou de pedaços de informação, nossa experiência mostra que ganhos reais podem vir se combinarmos de forma criativa os dados de várias fontes em insights úteis para iluminar o que acontece no nosso mundo.



Não perca a sequência desse texto, onde abordamos a sensibilidade dos dados ao tempo, análise de texto e fala, segmentação e filtragem de dados e muito mais.


Fique atento a tendências e novidades de mercado lendo outros textos do nosso blog e não se esqueça de deixar suas dúvidas e opiniões.