• Roberto Thomazette

Dicas para planejar a implantação do software de BI na sua empresa




Em textos anteriores, falamos sobre as etapas para a implantação de uma plataforma de BI. Essas atividades são interdependentes e imprescindíveis para o sucesso do projeto.


 O processo é composto de várias etapas e seus elementos básicos compreendem as atividades de mobilização dos participantes (diretos e indiretos), levantamento das necessidades organizacionais, mapeamento da origem dos dados, construção da solução e, por fim, a disponibilização para os consumidores das informações (usuários).


Vamos descrever melhor essas atividades:



Definir os requisitos funcionais


É fundamental definir e chegar a um consenso quanto aos indicadores de desempenho (KPIs), que são o centro de qualquer aplicação de BI. A equipe do projeto, composta por pessoal de TI e pelas áreas de negócios interessadas, deve determinar que informação precisa ser disponibilizada pelas aplicações de BI, quando é necessário estar disponível e em que formato.



Definir os grupos de usuários


É preciso definir quem são os usuários da solução de BI. Existem geralmente três grupos de utilizadores: usuários gerais de relatórios, os produtores e analistas que avaliam os dados e os gestores que decidem os objetivos.



Obter o apoio da alta direção


A equipe do projeto deve ter apoio da alta direção. É a única forma de garantir que os objetivos corporativos a curto e longo prazo serão incorporados.



Envolver os usuários numa fase inicial


Na fase inicial, a área de TI deve criar um protótipo simples da solução. Desta forma, pode ser feita uma revisão para assegurar que os requisitos essenciais serão incluídos desde o início. Na implementação, os usuários das áreas de negócio devem sempre ser envolvidos, uma vez que serão eles que irão trabalhar com as aplicações. Na fase de teste do protótipo, esses colaboradores devem validar seu funcionamento, para que se construa as demais etapas com base sólida.



Identificar os Indicadores de Desempenho (KPI)


A equipe do projeto deve envolver as áreas de negócio e definir em conjunto os indicadores a serem monitorados.



Relacionar as ferramentas de BI que já estão disponíveis na empresa


Quando um novo projeto é iniciado, é necessário determinar se existem ferramentas de BI já utilizadas pelos usuários finais e se devem continuar a serem disponibilizadas ou devem ser substituídas completamente. Na maioria dos casos, a padronização num único sistema de BI é preferível para garantir consistência na disponibilização e na qualidade e padronização da informação dentro da empresa.



Garantir a integração e qualidade dos dados


A integração dos dados é um fator decisivo o sucesso de um projeto de BI. A equipe deve identificar os sistemas nos quais a informação requerida está disponível e como os dados devem ser acessados. Para que a informação esteja atualizada, o acesso direto é a melhor opção. Se a qualidade dos dados brutos não for suficiente, isso deverá ser melhorado com as ferramentas apropriadas para acessar e integrar todas as fontes de dados.



Escolher o software de BI mais apropriado


Faça uma relação de funcionalidades desejadas para atender as necessidades de todas as áreas, como facilidade de uso; interface intuitiva; painel de controle eficiente; visualização interativa de dados; formatação e modelagem de dados; controle do acesso aos dados; capacidade de análise em várias fontes de dados; customização e usabilidade; segurança; e suporte e consultoria do fornecedor.


Estruture uma RFP (Request for Proposal) com base nas suas necessidades e compare a proposta técnica e comercial dos fornecedores, esgotando todas as dúvidas que vierem a surgir.



Limitar o tempo de execução do projeto


Aqui vale a velha regra: “Um projeto com mais de seis meses deixa de ser um projeto e passa a ser um problema.” Quando implementar o projeto de BI, siga em frente nos passos definidos. Os subprojetos devem ser desenvolvidos com o objetivo de que os primeiros módulos executáveis e operacionais estejam disponíveis depois de dois ou três meses.



Um projeto de BI é um processo dinâmico


As necessidades das organizações mudam constantemente. A plataforma de BI deve acompanhar e atender a esses requisitos dinâmicos. Todas as soluções de BI têm de ser continuamente desenvolvidas e melhoradas em uma base permanente.


Um projeto de BI é uma iniciativa complexa. Espero que essas dicas sejam úteis para o desenvolvimento do seu projeto. É sempre recomendável contar com uma consultoria com competência e experiência, para acompanhar e assessorar em todas as fases, desde o planejamento até a subida para a produção e acompanhamento.



Para saber mais a respeito de soluções de Business Intelligence e Business Analytics, leia os outros textos do nosso blog e não se esqueça de deixar suas dúvidas e opiniões.